Amor em quatro patas – conheça a Pets of the Homeless

pets-of-the-homeless-1

Eu adoro histórias com animais de estimação, porque eles sempre tem algo a nos ensinar e são nossos companheiros para sempre. Todo o amor que eles nos dedicam é verdadeiro e a única coisa que pedem em troca é um pouco de carinho. Diferente dos humanos, os animais não julgam a aparência ou a condição financeira das pessoas.

E é por causa disso que eles oferecem um apoio incondicional aos moradores de rua. São eles que estão presentes quando toda a sociedade vira as costas. Por mais surpreendente que possa parecer, grande parte dos animais de rua são bem cuidados por seus donos. Eles, muitas vezes, optam por passar fome ao invés de ver o seu companheiro passar fome; embora sejam incapazes de fornecer aos seus animais de estimação o acompanhamento de um veterinário profissional.

Nos Estados Unidos e no Canadá, existe uma organização voluntária que dá esse auxílio aos amigos dos moradores de rua, a Pets of the Homeless. Ela não tem fins lucrativos e só quer ajudar esses companheiros tão importantes com doações de ração. Além disso, eles também proporcionam cuidados veterinários com vacinas e outros tratamentos que o bichinho possa precisar.

Como não se apaixonar por uma iniciativa dessas?

pets-of-the-homeless-2 pets-of-the-homeless-3 pets-of-the-homeless-4 pets-of-the-homeless-5

 

Postado por

Dia 31.08 é… Blog Day! <3

tumblr_naty0njgj51t40w81o1_500

Pra relembrar os tempos de blogosfera moleque, o Rotaroots mobilizou todo mundo a participar do Blog Day esse ano, como nas antigas! Nós não ficamos de fora, claro, e estamos aqui listando nossos blogs favoritos SIM. Só rolou uma tristeza: queríamos indicar muuuito mais blogs. Mas oportunidades não faltarão, né? Enquanto isso… Vem, gente! <3

 

Gente que não sai do nosso feed

cat1

Sabe aqueles blogs que a gente não abandona de jeito nenhum? Nossos favoritos são os da Mel, o Blog Serendipity, que tem sempre fotos lindas e boas indicações de leitura; o blog da Irena Freitas, que faz ilustras apaixonantes e vive compartilhando seus personagens favoritos com a gente; o Maionese, da Raquel Arellano, que tem pitadas de cultura e do dia a dia dela (amamos!); o da Juliana Rabelo, que é basicamente sobre arte e nos enche de inspiração sempre e, por fim; o Te amo, porra, que  tem as melhores histórias dessa blogosfera há anos e não conseguimos ficar sem acompanhar.

1. http://melinasouza.com/
2. http://imnot12.tumblr.com/
3. http://sempickles.com/maionese/
4. http://www.julianarabelo.com/
5. http://teamoporra.blogspot.com.br/

Gente que conhecemos no Rotaroots

cat2

Conhecemos pessoas (e blogs!) incríveis no Rotaroots. Gente que compartilha das nossas ideias, enche a gente de inspiração, é linda e ainda acompanha a gente de pertinho. Dentre elas, as favoritas são a Duds Saldanha, do Pode chamar de Duds; a Gabi Barbosa, do Teoria Criativa, que hoje escreve pra gente também! <3; a Luh Testoni, que dá dicas de fotos muito legais no Primeira à esquerda; a Cris Nishihara do Entre batons e cafés, e a fofíssima Stefanie, do Chez Noelle. :)

1. http://podechamardeduds.com/blog/
2. http://www.teoriacriativa.com/
3. http://primeiraesquerda.com/
4. http://entrebatonsecafes.com/
5. http://cheznoelle.com/

Gente que nos ajuda a sair da rotina

cat3

Para sair da rotina, apostamos nos lindos que falam sobre cultura, novidades, viagens, inspiração e… Comilança! Tudo de forma única, inusitada e, sobretudo, com muito amor. Os escolhidos da categoria são o Paulo, do Monsterbox, a Paula Abrahão, o Fê e a Debbie do Pequenos Monstros, a Lya Zumblick, do TheSupernova.co, e as receitas do Gordelicias, que é da Raquel Arellano.

1. http://www.monsterbox.com.br/
2. http://paulaabrahao.com.br/blog/
3. http://www.pequenosmonstros.com/
4. http://thesupernova.co/
5. http://gordelicias.biz/

Gente que nunca perdemos de vista

cat4

Sabe aqueles amigos que sabem como contar histórias incríveis? Que sempre tem uma indicação literária bacana ou uma crônica que faz a gente se identificar a ponto de melhorar nosso dia? Nossos escolhidos nessa categoria (que nem existe no meme do Rotaroots, mas não podíamos deixar passar) são a Julie Fernanda, do Julles; o Rob Gordon, do Championship Vinyl; a Giovana Joris, do Like Mariella; a Renata do Tantos Clichês, e o Pedro Jansen do a funky experience. Não dá pra não ler. <3

1. http://jull.es/
2. http://champ-vinyl.blogspot.com.br/
3. http://likemariella.com/
4. http://teamoporra.blogspot.com.br/
5. http://aidoutorquedor.wordpress.com/

Gente que nos inspira a blogar

cat5

E tem também mulheres incríveis que estão há tanto tempo nas nossas vidas que mal dá pra lembrar como tudo começou. Mulheres que blogam faz tempo, assim como a gente, e que nos inspiram a continuar todos os dias, sendo verdadeiras e fazendo o que fazemos com muito amor. Meninas, a indicação delas parece até bobagem, afinal todos já conhecem – mas a menção é válida porque elas são incríveis e vale a pena ter todas sorrindo no seu feed. Escolhemos a Vic Siqueira, do Borboletando; a Rê do Mulher Vitrola; a Bru do Depois dos quinze; a Lia do Just Lia e a Fê do Fake Doll.

1. http://borboletando.org/
2. http://justlia.com.br/
3. http://mulhervitrola.com.br/
4. http://www.depoisdosquinze.com/
5. http://fake-doll.com/


 

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Postado por

#100HappyDays ~ Semana 11 :)

Semana da Ari

IMG_9991 2ab IMG_0932 garto IMG_9981 pepperonoIMG_9867 IMG_00451597487_935918126434889_1573349598437525957_o copy

 

Domingo: Fiquei tão cansada depois de passar o sábado inteiro em função do desfile que passei o domingo dormindo e lendo. Não que isso seja ruim, né? É uma delícia, não tem como ser mais happy day que isso hahaha. Também fiz maratona de True Blood. Estou viciada de novo e não vejo a hora de terminar pra sair desse sufoco! HAHAHA

Segunda: A rotina voltou a bater na minha porta, muito trabalho acumulado e muitos livros me esperando pra resenhar. Corri com algumas leituras, respondi emails e… Muito café pra ajudar! Sou viciada em canecas e algumas que comprei no Society6 chegaram, então fiquei toda paquitona de feliz. Também resolvi ceder aos livros interativos e comecei a brincar com o 1 página de cada vez.

Terça: Trabalho, curso, tempo fechado, mais trabalho… Nem deu tempo de fazer nada especial. MENTIRINHA! Comprei Garoto encontra garoto, do Levithan, que estava morrendo de vontade de ler. Ainda não vi, mas tô CURIOSÍSSIMA.

Quarta: Dia de bater perna na 25 de março com a Jessica atrás das coisinhas para a festa de sexta. Compramos peruagens, tiramos fotos divertidas, fomos até a Pizza Hut conhecer os novos Sliders que eles lançaram (são uma delícia) e ainda comprei os docinhos todos. Acabei o dia cansadérrima – e feliz!

Quinta: Como na sexta tem festa, quinta é dia de CORRER MUITO. Não pode sobrar trabalho pro dia seguinte porque a gente passa o dia todo em função de organizar as coisas, se arrumar… Quinta foi corridissima e eu meio que nem consigo lembrar de nada animado pra contar – tentei gravar um vlog mil vezes, não consegui e preferi desistir essa semana. haha

Sexta: Minhas unhas quebraram na carne e eu passei por um aperto pra salvar meus dedinhos da destruição. Depois disso, voltei pra casa pra me arrumar, terminar de separar as músicas para a festa e… UHU! Chegou a hora. Foi uma das festas mais divertidas do ano! Muita gente querida, muita gente feliz, peruagens mil, nem sei o que dizer. Tava iluminada. <3

Sábado: Eu praticamente morri no sábado. Cheguei 7h da nossa festa, dormi até meio dia, levantei, comi meu Big Mac – era #McDiaFeliz! – perto de casa mesmo e, como estava com muita enxaqueca, tomei remédio, deitei e vi Magic Mike com minha mãe. Depois dormi o dia todo, só fui acordar no domingo.

 

Semana da Jess

01 02 03 04 05 06 07 08
Domingo: Domingo bom é aquele que a gente passa em casa sem fazer nada, certo? Nesse domingo fiquei em casa o dia todo e aproveitei para comprar uns salgadinhos e jogar jogos de tabuleiro com o namorado. Um dia tranquilo, rodeada pelos meus gatos e muito amor, do jeito que eu gosto <3
Segunda: Eu sempre sofri bastante de dores na coluna, e trabalhar por muito tempo na cadeira me deixa bem mal. Costumo sentar com uma almofadinha para aliviar as dores mas tem dias que não tem jeito: eu preciso me deitar e relaxar. Na segunda, em meio a uma dessas crises, peguei o livro “La Gente Anda Diciendo” e reli todas aquelas frases engraçadas que a gente ouve na rua, meio soltas, bem no meio de uma conversa.  Foi super gostoso e consegui tirar o foco daquilo que me incomodava tanto.
Terça: Comecei a assistir The Killing, um seriado que muitos amigos já haviam me indicado mas eu ainda não tinha dado muita atenção. Percebi que eu deveria ter assistido há muito tempo, a série é incrível e fiquei super viciada. Desde a fotografia, roteiro, edição, personagens, clima, enfim, tudo é bem legal e super bem produzido – se você curte seriados policiais e investigativos, taí uma ótima opção! A série está inteirinha disponível no Netflix, que é responsável pela produção da última temporada :)
Quarta: Com a festa do Indiretas na sexta-feira, eu e a Ari passamos na 25 de Março para comprar todas as coisas, desde os adereços para distribuir lá no dia quanto os acessórios para nos montarmos, bem dignas de Katy Perry. Nos divertimos tanto escolhendo as perucas, plumas e óculos que até fizemos uma sessão de fotos no terraço aqui do prédio. Queria andar de peruca azul na rua todos os dias, amei!
Quinta: A Ari me desafiou a participar do #StopTheBeautyMadness um projeto que incentiva as meninas a se amarem do jeito que são, mesmo sem maquiagem e sem seguir nenhum dos padrões de beleza que vivemos pressionadas a nos moldar. Foi um exercício bem difícil pra mim, que até costumo sair de casa sem maquiagem para ir na padaria mas nunca tiro fotos totalmente de cara limpa. No fim, eu gostei muito de participar e até passei a olhar o espelho de maneira menos crítica.
Sexta: Eba, dia de festa, finalmente! Estávamos bem nervosas mas no fim de tudo certo <3 A festa foi um sucesso, todo mundo amou, a casa lotou e nós nos divertimos demais. É tão bom quando você passa a semana toda produzindo algo, se esforçando, e quando você vê o resultado final tão lindo dá uma sensação de missão cumprida, né? Esse foi o sentimento de sexta-feira :)
Sábado: Depois de uma festa tão linda foi dia de espalhar amor e ajudar as crianças com câncer no McDia Feliz! Fui com o Alysson até o McDonalds da Henrique Schaumann, um dos maiores daqui de SP, e até participamos de uma ação aonde cada cesta de basquete feita era convertida em doações para o projeto. Um dia repleto de amor e amigos queridos!
Postado por
Melhores links da semana <3 #Agosto05

Melhores links da semana <3 #Agosto05

Agosto realmente é um mês infinito, né gente? Já estamos na semana CINCO de links e o mês continua infinitamente. A parte boa é que temos muito tempo pra escolher as matérias mais legais que encontramos pela internet nesses últimos dias. Vamos lá? :)

Projeto transforma caligrafia de sem-tetos em fontes para serem comercializadas

01

Quando você passa por um morador de rua na calçada segurando um cartaz de papelão, você pode ver um rosto anônimo lutando para sobreviver. Quando os integrantes da equipe da Arrels Foundation vêem essas pessoas, no entanto, eles vêem artistas. Conheça o projeto que transformou a vida de milhares de desabrigados em Barcelona. [LINK]

 

Pare a loucura da beleza

02

A campanha #StopTheBeautyMadness, que começou a rolar nessa semana, consiste em publicar uma foto sua sem maquiagem para protestar contra os padrões de beleza que vivemos. É uma forma de nós mulheres nos manifestarmos contra essa loucura pela beleza e o excesso de exigências estéticas que sofremos pela sociedade. A Gabi desafiou a Lia, que fez um texto incrível falando sobre o movimento. [LINK]

 

Ariana Grande – Problem | Ten Second Songs 20 Style Cover

03

Procurando algumas músicas no YouTube descobri o canal do Anthony – e fiquei apaixonada! Você já pensou como seria Michael Jackson cantando Ariana Grande? Ou se o Jamiroquai cantasse Dark Horse, da Katy Perry? A partir de músicas pop bem conhecidas, o cara transforma seus ritmos se inspirando em artistas e bandas totalmente diferentes da canção original, tudo isso em apenas 3 minutos. É incrível! [LINK]

 

 50 livros clássicos em português para download grátis

04

Uma utilidade pública: a Obvious Mag reuniu 50 livros clássicos em português, todos disponíveis para download gratuitamente, através da biblioteca Domínio Público, do Ministério da Educação. Tem Fernando Pessoa, Machado de Assis, e muitos outros. [LINK]

 

Jimmy Kimmel reúne Jennifer Aniston, Courteney Cox e Lisa Kudrow 

05

Como eu esperava por esse momento, meus amigos! O apresentador Jimmy Kimmel reuniu as meninas de Friends para uma cena especial em comemoração aos vintes anos da série. É isso mesmo que você leu, meu caro amiguinho de asilo, V I N T E A N O S. Eu nem consigo falar mais nada, apenas assistam. [LINK]

Postado por

Uma breve história do celular como sonho de consumo

giphy (11)

Eu não sei que celular você tem. Você não sabe qual celular eu tenho. Mas eu te garanto uma coisa: existem grandes chances de que nossos aparelhos sejam parecidíssimos. Uma grande tela touch, um botão central, um pontinho (a câmera frontal) em cima da tela, etc. Se antes cada aparelho tinha seus jogos próprios, hoje somos uma multidão de jogadores de Angry Birds e Perguntados. O seu celular não reflete mais a sua personalidade. Não é uma declaração de identidade.

Motorola-StarTAC-75-01Eu cresci junto com a era dos celulares, e me lembro do primeiro aparelho que fez impacto – essa belezura aqui do lado, o Motorola Startac. Sim, isso foi considerado um celular muito bonito e estiloso em algum momento do passado recente.

Mas foi a chegada da Oi que catapultou o celular no Brasil para a categoria de Febre. Antes, para mim, celulares eram algo que os adultos da família que eram muito ocupados tinham. Quando chegaram os anúncios coloridos, os Oi MTV, Oi Xuxa, os Siemens e os Nokias é que o celular virou o “must have” da juventude.

Os marcantes dessa era são dois. O primeiro é o glorioso e indestrutível Nokia 3320. Esse celular é como a geladeira do Indiana Jones – sobrevive a qualquer coisa. No fim do mundo, restará Keith Richards e os 3320, nos quais ele poderá passar o tempo jogando Snake. Se você não tinha um 3320, você poderia ter um Siemens A40 (com promoção de 21 anos), e mesmo não tendo Snake ou mensagens de mais de uma linha, você tinha a customização infinita de suas capinhas frontais.

O glorioso Nokia 3320.

O glorioso Nokia 3320.

Os celulares de luxo já se tornavam mais populares quando o simpático Nokia 1100 chegou. Não lembra pelo nome? Talvez se lembre quando eu o chamar de “celular da lanterninha”.

A Motorola fez história por volta de 2005 entrando no subconsciente de todos com o teclado cortado a laser do V3, o status de “primeiro celular zen” do U3 Pebble, o plástico macio do V300, a rebeldia do Rokr. Os fones de ouvido bluetooth foram um efeito colateral – uma moda passageira e levemente pedante.

A Sony Ericsson teve uma era linda com sua linha Walkman. O w380i roxo e o w580i branco com laranja (você trocava de música sacudindo o celular!) eram obras-primas do design de celulares – bonitos até hoje, funcionais e ousados. Nesta época, o chique era ter um celular de “slide”, e a LG embarcou nisso com o chiquérrimo Chocolate, celular que era raro nas turmas de jovens, com todo aquele porte de “tio executivo”.

O último respiro de estilo antes da guerra iPhone vs. Galaxy padronizar tudo estava naqueles celulares “Gossip Girl”, com os teclados completos horizontais. Se você tinha um daqueles, o seu status era instantaneamente atualizado para “a Regina George do colégio”.

giphy (13)

Postado por
Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo, de Benjamin Alire Sáenz

Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo, de Benjamin Alire Sáenz

IMG_0939_2

Vi esse livro no vlog da Gi, no book haul de janeiro, e paixão à primeira vista define. A capa é linda, a amiga é de bom gosto e eu fiquei desejando desde então. Como vocês sabem, desejo sempre muitos livros, então demoro um pouco a realizar essas vontades – mas esses dias descobri que a tradução estava à venda desde o começo do ano, pelo selo Seguinte, e corri pro site da Companhia das Letras pra comprar. E a leitura foi muito oportuna: me fez retomar o gosto e a velocidade que havia perdido durante as férias!

“As palavras ficam diferentes quando passam a morar dentro de você.”

Dante e Ari são extremos opostos. Enquanto o primeiro é confiante e expressivo, o segundo é inseguro e introvertido. Um tem uma família acolhedora e comunicativa, o outro tem dilemas famíliares que mantém todos em silêncio na maior parte do tempo. Ainda assim, eles se conhecem e se tornam grandes amigos. Mas nada é simples assim, né? E, entre os conflitos de Ari e as confissões de Dante, a gente passa por páginas e páginas de puro… Amor!

IMG_0942

Sério. SUCH FEELS :~~~

Apesar de ser uma leitura previsível – desde o início você consegue captar os sentimentos envolvidos na história – a forma com que tudo se desenrola é uma delícia. Além de nos manter interessados do início ao fim, o livro é de uma sensibilidade incrível, daqueles que a gente se pega grifando, compartilhando sensações, chorando e sorrindo com os personagens.

E que personagens! São todos tão apaixonantes que a gente mal sabe qual escolher como favorito. Os adolescentes, apesar da inocência da idade, são também muito sábios – mas isso não cria estranheza, a sabedoria deles combina com sua história de vida. Em muitos momentos, a história me lembrou de Hoje eu quero voltar sozinho, talvez pela temática. A luta dos meninos por liberdade, história, identidade, sexualidade. Os conflitos pessoais, aceitar e ser aceito. Saber amar. É tudo difícil pra gente em qualquer fase da vida, mas na adolescência parece vir de forma mais intensa.

“Tenho essa teoria de que sonhamos porque pensamos em coisas sem termos consciência de que estamos pensando. E essas coisas, bem, elas nos assombram nos sonhos. Talvez sejamos como pneus cheios demais. O ar precisa escapar. Os sonhos são isso.”

No mundo dos YA, eu devo confessar, o enredo atualmente me interessa muito menos do que a forma como ele é narrado. Já conheço os caminhos e clichês, gosto de ser surpreendida por histórias que fogem a eles, mas gosto mais ainda de histórias que, apesar de repeti-los, me fazem sentir junto com os personagens. Sentir intensamente. E isso aconteceu com Aristoteles e Dante. Terminei com lágrimas nos olhos e mais um pouquinho de fé no amor. Estava precisando, mesmo. <3

IMG_0944 IMG_0940 IMG_0946 IMG_0947

Para ler em casa

Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo
Benjamin Alire Sáenz
Editora Seguinte

Postado por

As desvantagens de viajar

Você gosta de viajar? Bom, é difícil encontrar alguém que não goste. Conhecer novos lugares, novas pessoas, novos costumes… Quase impossível não se sentir atraída por tanta novidade e experiência juntas. Mas, sabem de uma coisa? Viajar tem desvantagens terríveis. Aposto que você entende de algumas delas, quer ver?

23-flight-001-non-stop-globe

A primeira é o vício. Depois que começamos, não conseguimos mais parar. Parece um vírus, um bichinho de pé que não quer largar. Ficar muito tempo sem uma aventura pode ser beeeem chato e se preparar para a próxima grande viagem é quase um hobby.

tumblr_n05g1eyhZV1s0xjvpo1_500

A segunda desvantagem é que, todo o dinheiro que você guarda, acaba indo parar em alguma viagem. E tá tudo bem, porque dizem por aí que é a única coisa que você consegue comprar que te deixa mais rico. Quem somos nós para questionar? ;)

anigif_enhanced-buzz-32229-1373998984-23

A terceira é a curiosidade. Todas as pessoas que têm o costume de viajar se tornam bastante curiosas. O que esse lugar tem a me oferecer? Qual é a comida típica dessa cidade? Como será viajar de balão? Para acabar de vez com as dúvidas, só experimentando mesmo.

diving-gif

A quarta é o conformismo. Está dividindo um quarto de hostel com 12 pessoas? Ok, faz parte. Está economizando na comida para comprar uma passagem de trem até a cidade mais próxima? Ok, faz parte. Se perdeu por aí mesmo com um mapa na mão? Ok, faz parte. Mesmo as horas mais difíceis, sabemos que tudo isso faz parte da experiência toda (e aí aprendemos).

tumblr_nari6j1cGw1talkw1o1_500

A quinta e última desvantagem está ligada a o que a viagem faz com a gente. Ela nos transforma. Ela muda completamente nossa visão de mundo e amplia nossos horizontes. As fronteiras físicas vão ficando cada vez menores aos nossos olhos.

tumblr_mn1qkij6Jv1qlwj4io1_500

Na verdade, nada é tão enriquecedor quanto se deparar com países e culturas diferentes das nossas. E aposto que você viaja justamente por causa dessas cinco desvantagens. Afinal, todo o processo é um aprendizado – e é realmente difícil achar alguma coisa ruim em algo tão incrível quanto viajar. <3

Postado por

Sobre saudades, bolos de caneca e uma vida mais leve

oetkerespresso

Morro de saudades da Jessica. Eu sei, eu sei, a gente se fala todos os dias – aliás, ela é a única pessoa além dos meus pais e da minha irmã com quem sempre estou em contato. É um casamento mesmo.

Mas geograficamente a gente só se vê algumas vezes na semana. Quando a gente trabalhava no mesmo escritório, uma sentadinha de frente pra outra, costumava tomar café da manhã junto todos os dias. Tinha um revezamento: às vezes eu trazia, às vezes ela trazia, às vezes buscávamos juntas.

À tarde era a mesma coisa: por meses, viciadas em bolos de caneca, as duas levantavam no meio do expediente com saquinhos de bolo e suas canecas, desciam juntas até a cozinha e passavam um minutinho e meio em frente ao micro-ondas e da cafeteira da agência quase todos os dias. O andar todo sentia o cheiro e surgia gente de vários departamentos querendo saber o que era, qual o sabor… Viciamos uma galera. :P

Embora não possa negar que sinto falta da minha companheira e das nossas escapadinhas para o café, esse mês eu completei um ano de home office (Julho não conta porque eu estava de férias no ano passado) e tem sido uma experiência maravilhosa sobretudo para a minha saúde. Mudei meus hábitos alimentares, faço academia, controlo melhor minha rotina, leio bem mais. A quantidade de trabalho é a mesma – mas tudo tem sido mais leve sem as horas de transporte público, de trânsito, de tensão no escritório.

Não estou mais nem fazendo dieta, mas o que eu também reduzi foi a quantidade louca de doces que eu comia. Ainda assim, me permito sempre os pequenos prazeres, porque não gosto de passar vontades. E quem sempre aparece pra me lembrar dos momentos gostosos do ano passado é o amado bolo de caneca da Dr. Oetker, então imaginem a minha alegria ao descobrir novos sabores? <3

oetker1

Além de prático e gostoso como ele sempre foi, agora ele tem a versão Integrale, que é fonte de fibras e vem com granola e pedacinhos de fruta nos sabores Maçã com canela e Banana, aveia e mel. 

Tô apaixonada pelo de maçã com canela, é muito bom! Aproveitei pra comer com um espresso e olha: felicidade instantânea. Já separei uns saquinhos e chamei a Jess pra vir passar a tarde aqui comigo trabalhando, fofocando e comendo bolo. É muito simples de fazer! <3

passopasso

É tão simples de fazer que nem precisaria de passo-a-passo, mas eu vou contar pra vocês: primeiro coloco o leite na caneca (são 40ml!), em seguida coloco a mistura para bolo e mexo até virar uma massa homogênea. Daí, é só colocar no micro-ondas e pronto! A embalagem recomenda 1 minuto e 10 segundos, mas isso depende muito da potência do seu aparelho. No meu foi o suficiente! <3

oetker2 oetker3

Experimenta e conta pra gente o que achou! Aliás, se quiser contar o que tem feito pra tornar sua vida mais leve, vou adorar saber! Acho muito importante compartilhar. Se você quiser saber se está precisando de mais leveza na sua vida também, pode conferir o aplicativo no Facebook da Dr. Oetker. :)

O kit muito fofo que a Dr. Oetker mandou pra gente provar os novos sabores e descobrir mais sobre uma vida mais leve <3

O kit muito fofo que a Dr. Oetker mandou pra gente provar os novos sabores e descobrir mais sobre uma vida mais leve <3

Postado por

#100HappyDays ~ Semana 10 :)

Semana da Ari

tagirmas IMG_9671 IMG_0889 IMG_9705 IMG_9717 IMG_9731 IMG_9751 10612076_308878872619385_50631576_o

Domingo: no dia do descanso, aproveitei pra matar as saudades do melhor amigo com direito a coxinha e refresher de frutas vermelhas! Melhor noite. Pra completar, gravei uma tag com a minha irmã pro vlog e nunca ri tanto na vida! Tô amando muito tudo isso.

Segunda-feira: Resolvi terminar de ler Aristoteles e Dante descobrem os Segredos do Universo e, meus amigos, eu chorei. Que leitura mais sensível. Vou resenhar logo logo para o blog, ok? <3

Terça-feira: Dia de aula! O tema era pintura e eu me enrolei muito, sou péssima. Mas mexer com as tintas também é relaxante e eu até que me diverti.

Quarta-feira: Esperei muito por esse dia: TATUAGENS!!! A agenda do André, que fez quase todas as minhas, anda apertada – e eu estava com o faniquito de tatuar há semanas! A data finalmente chegou, rabisquei três dos cinco desenhos que eu queria e já agendei as próximas. Cada um com seu vício, né? <3

Quinta-feira: Corri tanto e trabalhei tanto que no fim do dia eu só quis saber de ler e descansar. Aproveitei que um amigo de bom coração compartilhou o HBOGO comigo e voltei a ver True Blood. QUE SDDS EU TAVA DESTA MATANÇA!!!

Sexta: Nunca, nunca tive unhas grandes. Além do formato das minhas mãos ser bem de menininho (unhas largas e pequenas), elas sempre foram curtinhas porque roía. Mas, como ia desfilar, decidi fazer um alongamento. Fiquei TRÊS HORAS E MEIA na manicure, mas o resultado ficou super legal! Só preciso aprender a lidar com unhas compridas agora… hahaha

Sábado: O Fashion Weekend Plus Size chegou!!! Passei o dia inteiro no Centro de Exposições preparando tudo pra hora H. O nervoso? Imenso! Mas foi uma honra tão grande representar a ChicaBolacha na passarela… Eu estava tensa no desfile, da pra ver em todas as fotos, mas fiquei tão feliz de viver algo novo e conhecer tanta gente linda e divertida! E ter as pessoas que eu amo por perto sempre é impagável. <3

Semana da Jess

01 02 03 04 05 06 07

Domingo: Com uma pontinha de sol aparecendo, aproveitamos o domingo em Santos para dar uma passada na praia e relaxar. Claro que o tempo não durou muito e acabamos o dia na piscina aquecida hahaha. Mas não tem problema! O tempo ficou ruim mas o bom humor estava ali pra acompanhar a gente :) Comemos banana sllpt, jogamos conversa fora e voltei pra São Paulo mais leve depois de um fim de semana cheio de amor como esse.

Segunda: Visitamos o apê novo de um amigo nosso que se mudou há pouco tempo pra SP. Passamos a noite jogando, comendo pizza e rindo, ou seja, a melhor maneira de começar uma semana! Finalmente conheci uma moradora bem especial desse apartamento, a Marceline, uma gatinha que passou 40 dias internada e quase não sobreviveu. Hoje ela está lindona, super forte e sapeca. Queria leva-lá embora comigo, uma pena que ela não cabia na minha bolsa.

Terça: Minha terça-feira foi bem parada se não fosse por um detalhe. Já contei aqui pra vocês que o Batiminha tem um problema locomotor, e por isso ele não consegue subir direito nos lugares e anda todo tortinho. Pois bem, na terça-feira ele resolveu explorar novos horizontes e…bem, ele caiu na privada. hahahaha. Ouvimos um barulhão e daqui há pouco chega ele ensopadinho na sala, chorando. Que dó! Demos um bom banho, sequei o pelo, tudo. Ele ficou meio jururu coitado, mas ficou cheirosinho que só!

Quarta: Em um dia super corrido, eu e o namorado resolvemos sair pra relaxar e espairecer um pouco. Jantamos no Ramona, um restaurante delicioso aqui no centro de São Paulo. Projetado para parecer um hotel dos anos 70, o lugar é super charmoso e com uma trilha sonora maravilhosa. Me apaixonei pelo lugar e quero voltar mais vezes! Comi um hambúrguer bem gordinho e meu namorado pediu um Bloody Mary com BACON. Juro que existe! Ele disse que foi o melhor que ele já tomou na vida.

Quinta: Acho que a busca por apartamentos está terminando! Gostamos muuito de um apartamento que visitamos e passamos lá mais uma vez pra ter certeza: agora vai! Estamos bem empolgados com essa nova fase que está por vir, como vocês podem perceber haha. O apartamento é em andar alto, com uma vista pro pôr-do-sol como eu não tenho há anos! Morar em SP tem dessas, você acaba morando tanto em andares baixos que acostuma com barulho e esquece certas coisas como uma vista bonita e um solzinho batendo forte pela manhã. Pode parecer bobagem mas percebi o quanto isso era importante assim que entrei nesse prédio.

Sexta: Fomos para Sorocaba aonde meu namorado toca uma vez por mês. É sempre bem divertido e dessa vez voltamos pra São Paulo ainda mais tarde que o normal, ou seja, nos divertimos muito! Como nós costumamos ir e voltar no mesmo dia o ritmo é cansativo, mas já temos até uma rotina feliz que criamos: tomo um Toddynho na rodoviária da volta, comemos alguma coisa, e voltamos dormindo o caminho todo. Me sinto tão jovem! hahaha

Sábado: Fui assistir a Ari desfilar para a Fashion Week Plus Size  <3 Ela me contou que ficou super nervosa, mas não pareceu para quem via na platéia. Fiquei toda orgulhosa dela lindona no palco, com o pessoal tirando mil fotos e babando no vestido que ela usou. Sei que esse foi um dia importante pra Ari e fiz questão de ir lá dar um apoio e mandar boas vibrações! No final do dia nós ficamos em casa de bobeira e fiz uma maratona de Netflix, como sempre.

Postado por
Melhores links da semana <3 #Agosto04

Melhores links da semana <3 #Agosto04

Eba! Mais links para deixar seu sábado bem informado e cheio de amor <3 Você também viu alguma matéria legal durante a semana? Conta pra gente nos comentários :)

Todos juntos na luta pelo saneamento

01

Mais de 450.000 crianças brasileiras não têm banheiro ou água nas escolas de educação básica. A UNICEF e o desinfetante VIM se uniram para mudar essa realidade: contando histórias reais de quem vive no semiárido do nosso país, eles nos mostram que é possível ajudarmos e juntos mudar a vida de milhares de pessoas. [LINK]

 

O lado fantástico da vida comum

02

Talvez a vida seja composta 20% de grandes momentos e 80% de rotina. A gente sabe que uma vida repleta de coisas extraordinárias só existe na ficção, e são os pequenos momentos do dia a dia que fazem a gente se sentir completo. A filosofia do prazer no cotidiano nos permite uma existência feliz mesmo que não tenhamos condições de vivenciar o fantástico. Me encantei com esse texto do Fred e acredito que todo mundo deveria ler também. Aliás, todo o Glück Project vale uma atenção – acho o trabalho deles demais! [LINK]

 

Câmera ultravioleta mostra os danos que o sol causa a sua pele

03
Você já pensou nos danos que a nossa pele sofre diariamente pela exposição constante ao sol? Convidando aleatoriamente pessoas na rua para verem a própria imagem, uma câmera ultravioleta mostrou o quanto a nossa pele pode se deteriorar com o passar dos anos. O resultado é bem chocante e me fez lembrar da importância do filtro solar todos os dias.[LINK]

 

17 coisas que a organização me ensinou

04

Muita gente tem problemas sérios para conseguir se organizar. Eu sou uma delas: apesar de ser bem organizada em relação ao meu trabalho e atividades do dia a dia, minha organização pessoal costuma ser um verdadeiro caos. A Thaís contou aqui alguns dos grandes aprendizados que uma vida organizada a ensinou. Juro que estou tentando aplicar tudinho aqui! [LINK]

 

Pacientes com ELA também aceitam o desafio do balde de gelo

05
Provavelmente você deve ter visto alguma celebridade participando do tal “desafio do balde de gelo” durante essa semana. A brincadeira faz parte de um projeto para doações em dinheiro para a ALS Foundation, que ajuda pessoas diagnosticadas com esclerose lateral amiotrófia (ALS na sigla em inglês). A ação viralizou no mundo todo e aqui no Brasil o pessoal se mobilizou para ajudar também a instituição brasileira da causa. Nesse vídeo um jovem e um pai de família, ambos com esclerose, lembram a importância de conscientizar sobre a doença e entram na brincadeira. [LINK]

 

Postado por