É melhor você nem ler esse post sobre Desventuras em Série

poster_asoue

Não é coincidência que a Netflix tenha escolhido a primeira sexta-feira 13 (logo 13, de todos os números…) para lançar oficialmente em seu catálogo a sua mais nova aposta original: Lemony Snicket’s A Series of Unfortunate Events, ou, aqui no Brasil, apenas Desventuras em Série.

Quando saiu o anúncio oficial da série, nós fizemos nossa parte em dar a vocês 13 motivos pelos quais você deveria largar tudo e conhecer a história dos Baudelaire naquele exato momento, e agora, depois de assistir o primeiro episódio, estamos aqui para dizer se vale realmente a pena ou não em 3 pequenos tópicos.

Lemony Snicket reviveu a história em nossos corações e no dele

Através do seu responsável legal, Daniel Handler, Lemony nos deu o presente de reviver a história dos Baudelaire depois de tantos anos e ainda encontrou forças para procurar nos horrendos arquivos sobre essa história, pedaços dela que ainda não tínhamos visto.

Captura de Tela 2017-01-13 às 09.55.05

Isso quer dizer, em poucas palavras, que se você resolveu seguir minha dica e leu/releu os 13 livros da série, talvez tenha mais surpresas do que estava esperando.

Eu sei que eu certamente tive. E não foram surpresas muito boas, bem como o resto da história…

Tudo que você achou que estava preparado… não está

Pode até parecer reduntante dizer que tudo que a Netflix põe a mão fica incrível, mas tudo que a Netflix põe a mão fica incrível e com Desventuras não é diferente, talvez seja inclusive melhor, se tratando de um enredo tão horrível cheio de coisas esquisitas acontecendo e nenhuma alegria no final.

Não me levem a mal, eu amo o filme de 2004, tanto que foi muito difícil pra mim aceitar que o Conde Olaf pudesse ser interpretado por alguém que não fosse o Jim Carrey, mas eu não estava nem 1% preparada para o que a Netflix ia colocar no meu catálogo.

Como esse post é sem spoilers, para descrever meu encantamento vou usar a sensação que eu tive quando saí da sala de cinema depois de assistir O Grande Gatsby há uns anos atrás: depois de debater comigo mesma durante um tempão, decidi que Grande Gatsby é meu livro favorito, então eu estava nervosa para saber como Baz ia adaptar a minha história favorita, basicamente mesmo sentimento que eu tive com Desventuras.

E a sensação segue semelhante, já que, assim como a história contada por Nick Carraway merecia uma atenção toda diferente para a narrativa, a história contada por Lemony Snicket também merece. E tentar adaptar para o visual uma história que se segura tão forte na narrativa era pra ser uma tarefa difícil que a produção da Netflix fez parecer brincadeira de criança.

Captura de Tela 2017-01-13 às 09.16.00

Você termina os primeiros dez minutos do primeiro episódio pensando “mas é claro que não poderiam contar a história de outro jeito!”

Estética para Wes Anderson nenhum botar defeito

Se existia alguma coisa que pudesse realmente dar errado em Desventuras, isso era absolutamente a estética. Isso porque, apesar da história ser uma caricatura de si mesma, um grande livro da série Salve-se Quem Puder (quem lembra?) com pistas pra todos os lados, se a estética se tornasse muito ou pouco, poderia significar uma falta de coerência tremenda, já que a história se preocupa em omitir não apenas onde se passa mas em que ano se passa.

Captura de Tela 2017-01-13 às 11.06.20

Semelhante ao trabalho bem feito em Desventuras é o trabalho feito em Gotham, série atual sobre o começo da carreira de Jim Gordon na polícia de Gotham e a infância do Bruce Wayne (spoiler: o Batman).

A Netflix nos entrega uma adaptação que ao mesmo tempo enche nossos olhos de curiosidade e mancha seu próprio catálogo com uma história tão terrivelmente triste e depressiva.

Eu mencionei que hoje é uma sexta-feira 13? Oh, boy… Talvez seja melhor mesmo que você vá fazer outra coisa.

Comente pelo facebook

1 comment

  1. A série está incrível! Figurino, cenários, interpretações… Tudo absolutamente impecável!
    O inserção do narrador e a quebra da quarta parede ficaram demais.
    A Netflix está de parabéns por mais uma série surpreendente que, venhamos e convenhamos, tinha tudo para dar errado. Mas eles conseguiram acertar em tudo

Deixe seu comentário!