Espalhando a palavra de The Lucksmiths

a2272836320_10

Não são todas as bandas que amamos que conhecemos em momentos épicos das nossas vidas, com motivações nobres como uma boa resenha, um shuffle maroto ou um radialista trendsetter, ou o compartilhamento de um amigo. Eu descobri uma das bandas que mais escuto da maneira mais “poser” possivel. Vi alguém usando a camiseta dessa banda e achei A CAMISETA uma gracinha. Guardei o nome que estava escrito. Cheguei em casa e dei o play. Anos depois eu ainda escuto a discografia do The Lucksmiths, e mal lembro da camiseta.

Antes de conhecer Lucksmiths, outras bandas dividiam o “estado de espírito” que hoje me leva a escutar esse quarteto australiano. Esse estado de espírito é uma mistura da melancolia e nostalgia de um Smiths e Voxtrot e da fofura das músicas mais animadas do Belle & Sebastian. Basicamente, Lucksmiths faz música para o dia em que o clima está perfeito, nem tão frio, nem tão quente, céu azul, mas que esconde algum tipo de expectativa, saudade, ou desânimo.

Mas meus amigos que escutam Belle & Sebastian não escutam Lucksmiths. E meus amigos que escutam as palavras de Morrissey também não. E quando fui investigar, descobri que dentre meus amigos em certas redes sociais, 0 curtem a página ou ouviram essa banda. É, parece que aquela camiseta deveria ter circulado mais.

Ok, quem sabe eu posso fazer esse trabalho de espalhar Lucksmiths no mundo? Definitivamente é um trabalho do bem. Então montei uma playlist com as minhas 10 músicas favoritas da banda, e convido vocês a apertar o play. Já aviso que os efeitos serão melhores se você colocar uma camiseta, e sair por aí, ouvindo nos fones.

Comente pelo facebook

Deixe seu comentário!