Hoje acordei meio emo

giphy-6

Essa semana quase toda a minha timeline vibrou com o rumor da volta do My Chemical Romance – inclusive euzinha, claro. Culpa de um post no Facebook deles, que não era atualizado há mais de um ano:

Infelizmente, não vai ter retorno da banda. Era tudo para divulgar o relançamento do álbum “The Black Parade”, que completa 10 anos agora em 2016.

Mas o impacto foi irreversível: a turma das munhequeiras, dos lápis de olhos pesados e dos cintos de rebites, que se orgulhava de produzir diversos egoshots tristonhos no fotolog, cresceu e não tem mais vergonha de admitir que era emo. Essa é a melhor parte de ser adulto: a gente perde o pouco de vergonha que resta e para de querer dar satisfação pros outros. Daí dá pra curtir o que quiser, sem ter que adotar visual nenhum ou decorar enciclopédia. Não precisa de estereótipo meeeeesmo.

giphy-7

De repente, bateu uma saudade de ouvir os hits da nossa adolescência emotiva. Daí, preparei uma playlist que pretendo atualizar sempre que lembrar de uma ou outra música que eu vivia tentando tirar na guitarra – com ou sem sucesso – e cujos videoclipes inspiravam minhas maquiagens muito doidas. Aposto que você curtia elas também!

Vamo sentir junto, vamo cantar alto?

Se achar que tá faltando alguma, estamos sempre abertas à sugestões! E olha: nem só de emo se faz essa playlist. Não mesmo!

Aliás, segue a gente lá no Spotify pra acompanhar as playlists maneirinhas que a gente cria e atualizar sempre!

Comente pelo facebook

Deixe seu comentário!