Inspire e expire: técnicas para te ajudar a relaxar

Esqueça seus amigos que gostam de te fazer de otário™ no dia 1º de abril: o maior dos pregadores de peças é o nosso cérebro, especialmente quando estamos sob uma situação extressante e que requer 100% da nossa atenção. Nesses casos, a primeira coisa que nosso cérebro nos incentiva a fazer é: pirar, correr em círculos, se jogar no chão –metaforicamente ou não.

Para a Jiang, finalista do Masterchef, o modo de lidar com uma prova que exige muito dela é encará-la com muita serenidade e confiança em si mesma, usando uma técnica maravilhosa carinhosamente conhecida como Tai Chi Chuan da melancia.

Pensando nisso, nós do Indiretas do bem resolvemos pensar em algumas coisas que você pode fazer para relaxar sua mente nesses momentos.

Ouça músicas que te acalmem

01

Quando ouvimos nossa música favorita nosso organismo se enche de felicidade e nós tendemos a abstrair o resto. E não se engane: não precisa ser necessariamente uma música acústica ou instrumental. Sabem o que funciona pra mim? A trilha sonora de Sweeney Todd (o filme mesmo). Ache o que funciona pra você, e use isso a seu favor.

Respirar e inspirar fundo com a parte baixa

02

Quando ficamos nervosos ou ansiosos, nosso coração acelera e nós tendemos a respirar com a parte alta (o peito). Da próxima vez, tente respirar pela parte baixa (a barriga), e vai ver como seus batimentos vão desacelerar e você vai ficar bem mais calmo!

Aprecie-se

03

Pode parecer estranho, mas é assim que funciona: tire um tempo do seu nervosismo para olhar-se no espelho e dizer frases como “você é ótima(o)!”, “você consegue”, “isso não é tão difícil.” Às vezes tudo que você precisa mesmo é acreditar em si.

Reconheça as coisas que estão fora de seu controle

04

Nem tudo depende de que você dê o seu melhor, muitas vezes é importante reconhecer que, não importa o quão você se empenhe, as coisas funcionarão no tempo certo e graças a coisas que você não controla, como, por exemplo, a vontade de outras pessoas ou até mesmo o clima.

Pequenos hábitos antes de dormir

05

Muitas vezes nossas insônias são causadas por ataques de ansiedade e a espera de um dia que será cheio e sobrecarregado. Procure fazer pequenas coisas antes de dormir para ajudar seu corpo a relaxar como procurar sons ambientes (“white noises”) de chuva, acender incensos ou velas aromáticas, tomar chás e preparar seu corpo para o dia e as situações que virão.

Pause

06

Existem estudos (estudos seríssimos) que dizem que se você faz pausas de alguns minutos a cada 5 ou 10 minutos de uma atividade exaustiva seja para tomar um copo d’água, seja para levantar e esticar as pernas, seja pra olhar o celular, tudo flui melhor.

Quando não for possível fazer essas pequenas pausas (nem sempre é), o que dá pra fazer é exercitar suas mãos com aquelas bolinhas terapêuticas ou brincar com uma jóia (um colar, por exemplo) para destensioná-las. Dá pra fazer antes, depois ou durante algo estressante como uma série de atividades que exigiam o mesmo movimento contínuo, esperar em uma fila ou enquanto faz um simulado ou uma prova de longa duração.

Existem várias formas de lidar com estresse, mas a mais importante delas é lembrar que tudo é feito depois de tentativas e erros, talvez muitas delas, e é possível que você precise errar algumas vezes antes de ser bem sucedido. O mundo não vai acabar se você não conseguir fazer alguma coisa contanto que você dê o seu melhor.

Comente pelo facebook

2 comments

  1. Danieli

    Amei as dicas!! Tenho que me organizar melhor para dormir,nunca fiz um ritual para desacelerar. Parabéns!

  2. Lais Lima

    Dicas boas. Gostei.

Deixe seu comentário!