Se aventure e conheça a música de outras partes do mundo

Sou da geração que já começou cedo, nos primeiros anos de colégio, a aprender inglês e espanhol – essa geração treinada para ter vários cursos no currículo, esportes e hobbies. Por esse motivo, raramente tenho a chance de ouvir uma canção e não fazer a menor ideia do que está sendo cantado em sua letra, tirar conclusões apenas pelo ritmo, ou buscar a ajuda de sites de letras e do Google Translate. Afinal, grande parte do que consumimos hoje, em música, é cantado em inglês, espanhol ou na nossa própria língua, o português.

Esse é um pequeno relato sobre como, em uma semana, a internet me forçou a sair dessa zona de conforto e escutar outros sons, outras línguas. Tudo começou com essa música:

Calma, você leu certo: essa música é em inglês mesmo. E foi um filme de um dos meus diretores favoritos, Joe Swanberg, que me apresentou a ela – o filme Happy Christmas, com Anna Kendrick e Melanie Lynskey. Esse é um post sobre música, mas se você estiver procurando uma dica para um cineminha em casa, anota aí.

Joel Alme é um sueco que, em grande parte de sua carreira, canta em inglês (como outros artistas do seu país também o fazem – Cardigans, Abba, Mando Diao, Roxette, Peter Bjorn and John e a lista nunca terminaria). Mas como eu estava viciada em seu som, resolvi ouvir um disco que Joel gravou em sueco, a língua que eu sempre achei bem estranha enquanto via filmes do Bergman. E não é que dá música boa?

Bem, parece que o Spotify captou minha ousadia, e resolveu me sugerir uma banda de indie-rock austríaca na nova playlist criada pelo serviço, a Descobertas da Semana. Ouvi por curiosidade a música sugerida – e em instantes, já estava clicando na banda para ouvir tudo o que estivesse disponível. O nome da banda é Wanda, e a melhor descrição que eu consigo pensar é: um Libertines em alemão.

Eis que a internet opera mais uma vez, e enquanto eu via os clipes da Wanda, o Youtube me sugere uma tal de Team Amateur. Julgo o livro pela capa e curto extremamente a capa do disco do grupo, então, porque não clicar? E não é que agora essa jornada tinha me levado para Berlim, para um som bem dançante que não faria feio perto de um El Camino do Black Keys? Não parece algo que tocaria nos fones do Wolfgang de Sense8?

Essas foram as minhas descobertas – e agora pretendo passear musicalmente ainda mais pelo mundo. Tem alguma música pra me apresentar? Pode ser de qualquer CEP!

Comente pelo facebook

1 comment

  1. lIVIA GUIMARÃES

    Tarkan é hoje um dos grandes ídolos da música pop Turca, ele mistura estilos do oriente e ocidente, a música é muito boafora que é um gat! https://www.youtube.com/watch?v=SCZgGVqVsbY

    Paris Combo é um grupo musical Francês, que tem um estilo eclético, misturando elementos da música francesa tradicional, jazz americano, swing, música cigana e norte-Africana. https://www.youtube.com/watch?v=I-gTQ1iY72w

    O nome é francês, mas a banda é japonesa. L’Arc en Ciel foi Considerada pela Organização Japonesa de Cultura como a maior banda japonesa de todos os tempos .https://www.youtube.com/watch?v=u1fRy346838

    Espero que goste ^^

Deixe seu comentário!