Segura na mão dessas mulheres poderosíssimas e vai!

A gente passa o ano inteiro consumindo conteúdo, né? Mas às vezes não para pra pensar da onde vem esse conteúdo: quanto trabalho dá pra fazer, qual o time por trás daquele filme/música/livro maravilhoso que você tá tendo acesso. E às vezes esse conteúdo é feito por uma mulher mas a gente nem sabe!

Estamos rodeadas de grandes mulheres que produzem conteúdo, desde blogs e canais no YouTube até grandes autoras que a maioria das pessoas nem conhece. Nesse 8 de março, então, resolvemos separar só algumas (da nossa lista interminável) mulheres maravilhosas pra você conhecer o trabalho e se inspirar.

Esporte: Emily Lima, nova técnica da Seleção Brasileira Feminina de futebol

Eu não podia começar com outra coisa senão aquilo que me move todos os dias: o esporte. Um ano atrás o Indiretas estava lá na inauguração do ESPN W, canal esportivo para mulheres, e esse ano eu quero que vocês parem um minuto pra conhecer o trabalho da Emily, que vai comandar a nossa seleção feminina. Ela é a primeira técnica mulher da seleção, e já é conhecida por seu trabalho inovador e incríveis resultados. Convido vocês a lerem o post sobre ela lá no ~dibradoras e, se puderem, deem uma ouvida no podcast que tá incrível 😉

Literatura: Maggie Stiefvater e o Teste de Bechdel dos livros

Num mundo onde a gente sabe que a mulher forte é sinônimo de mulher parecida com homem, Maggie apresenta pra gente, na Saga dos Corvos, um grupo de mulheres incríveis que são poderosas e em nadinha parecida com homens, pois nem precisa. No núcleo de Blue, todas as mulheres de sua família têm a personalidade forte e são fortemente ligadas ao tarô e à magia, assuntos que ainda são mal vistos mesmo em 2017. A saga tem 4 livros: Os Garotos Corvos, Ladrão de Sonhos, Azul Lírio, Lírio Azul e O Rei Corvo. Vale a pena conhecer 😀

Cinema: Jenny Beavan e jaqueta jeans na cerimônia do Oscar

A gente sabe que num mundo onde existe Viola Davis (graças a deus porque existe!) é até um pecado falar de cinema sem falar dela, né? Mas olha aqui pra Jenny um minutinho. Ela atrapalhou todos as fotos dos paparazzis atrás de grandes looks na cerimônia do Oscar do ano passado quando resolveu ir de jaquetão de couro receber seu Oscar de melhor figurino por Mad Max –o famoso filmão da porra. Ela já trabalhou em mais de 20 filmes, tem 10 indicações ao Oscar e 2 estatuetas em casa.

Ativismo: Amandla Stenberg, ele disse, ela disse

Amandla é uma atriz de 18 anos, que se identifica como não-binária (ela prefere pronomes neutros mas aceita os femininos e os masculinos) e feminista intersseccional. Ela foi convidada pela Beyoncé pra fazer uma aparição na obra audiovisual do Lemonade.

Música: tudo junto e misturado!

Na música, a gente resolveu ir mais fundo e fazer uma playlist incrível pra você ouvir nesse dia. Já foi lá no nosso perfil do Spotify? Aproveita pra seguir essa e outras playlists.

Quer saber mais?

A gente fala sobre mais mulher maravilhosa aqui no blog! Falamos sobre Adele e o discurso cheio de sororidade que ela deu pra Beyoncé no Grammy, sobre o girlpower e o sobrenatural no elenco feminino de Ghostbusters e as mulheres incríveis de Gilmore Girls! Todas essas pessoas e personagens nos inspiram diariamente a sermos mulheres melhores e mais fortes 🙂

Que outras mulheres você recomenda que a gente conheça?

Comente pelo facebook

Deixe seu comentário!