Sustos do bem: 3 filmes de terror para acelerar o coração

No mundo, estamos sempre com uma pitada de medo. Pode ser medo de altura ou de avião, medo de ficar sozinho ou de multidões, medo de epidemias e revoluções. A realidade é assustadora, e sabia o que eu faço para não pensar nos medos da vida real, esses que a gente tem que conviver e nunca se entregar? Eu me entrego a medos fictícios. Essa é a minha pequena carta de amor aos filmes de terror, com tudo que temos direito, do bom momento de emoção ao assisti-los até aquele medinho na hora de apagar a luz do quarto de noite.

Nos últimos 10 dias eu assisti a três filmes de horror em três plataformas completamente diferentes, mas com algo em comum: os três são excelentes. Tem para todos os gostos e estilos – desde que você goste de agarrar o braço de quem está ao seu lado, suar frio, sentir calafrios e comer bastante pipoca. Confie nas minhas dicas e não confie em ninguém desses filmes!

Nos cinemas – Rua Cloverfield, 10

Se você gosta de seu horror com algumas pitadinhas de ficção científica, e curte narrativas apocalípticas do tipo The Walking Dead, a sequência do filme “hit” de 2o08, Cloverfield, é a pedida certa para você. O filme é carregado por uma heroína digna de orgulho feminista, interpretada por Mary Elizabeth Winstead (a Ramona de Scott Pilgrim vs. O Mundo) e ainda traz John Gallagher Jr., de The Newsroom, e o sempre genial (mas aqui ainda mais) John Goodman. Porém, prepare-se: dessa lista que faço aqui, este é o mais tenso. Para corações fortes.

Coeficiente de medo: 5/5 luzes acesas.

Na Netflix: Hush – A Morte Ouve

Sabe todos aqueles filmes de invasão domiciliar, em que psicopatas infernizam famílias dentro de seus próprios lares? Dão agonia, não dão? Agora imagina tudo isso com uma protagonista com deficiência auditiva, surda e muda, incapaz de ouvir os passos do assassino ou de gritar por ajuda. Esse é Hush, novo filme do diretor de Oculus (o filme do espelho amaldiçoado estrelado por Karen Gillan, de Doctor Who). Hush traz uma revelação Kate Siegel, atriz e roteirista do filme, e combina com a nossa primeira dica – aqui, John Gallagher Jr. chega em um papel BEM diferente do seu papel em Rua Cloverfield 10.

Coeficiente de medo: 4/5 luzes acesas.

 

Na iTunes Store: The Invitation

Talvez o que você quer é um aquecimento para os arrepios do retorno de Game of Thrones, que volta nesse domingo para as telas da HBO. Se é o caso, sua escolha é The Invitation, que estrela Michiel Huisman (o Daario da Daenerys) em um papel bem complexo e assustador. O filme, novidade da diretora Karyn Kusama (de Garota Infernal e Aeon Flux), é bem mais tranquilo que os já mencionados – dá até para assistir de madrugada sem se preocupar com uma noite perdida de sono – e tem uma trama que mistura drama intimista, seitas e outras coisas que não podemos contar por aqui. Espere um dos finais mais surpreendentes do ano!

Coeficiente de medo: 2/5 luzes acesas

Comente pelo facebook

Deixe seu comentário!